top of page
Casa da Carolina.jpg

Um Albergue de Peregrinos para Peregrinos!

A Casa da Carolina é o sonho concretizado de uma família de peregrinos, nascido a 1 de julho de 2019.

Depois de fazer o Caminho em família, o desejo de abrir a nossa casa e os nossos corações aos que por aí passam no Caminho era cada vez maior! Após pensar, planear e rever cada pormenor, finalmente abrimos este espaço totalmente dedicado e pensado para quem aqui pernoita!

Somos um albergue de peregrinos localizado 5 km antes de Viana do Castelo, ideal para quem quer uma noite relaxante depois de um dia longo de caminhada ou para quem quer uma estadia tranquila mas, ao mesmo tempo, divertida.

Aqui, terá a oportunidade de viver um ambiente de comunidade e partilha, com pessoas de todo o mundo e com a arte de bem receber portuguesa, onde esperamos que se sinta em casa!

Sabendo o quão bem sabe ver um sorriso confortante de boas vindas depois de mais uma etapa, iremos acolher os nossos peregrinos da melhor maneira possível e esperamos marcar pela positiva o Caminho de cada um, com uma estadia maravilhosa e memórias inesquecíveis.

Abrimo-vos a nossa casa e queremos que façam parte da nossa família!

De peregrinos para peregrinos, sejam bem-vindos à Casa da Carolina!

DSCF3035_edited.jpg
155.jpg
152.jpg
DSCF3006_edited.jpg

E afinal quem é a Carolina? 

 

Eu tenho 25 anos e sou a filha mais nova da incrível família Maciel. Sou alegre e dedicada, simpática e curiosa, prestável e um tanto altruísta. Já fiz o Caminho duas vezes e tenciono fazer muitas mais!

Sem dúvida alguma, sou apaixonada por línguas e pelas culturas dos seus falantes, apaixonada pelo Caminho, apaixonada pela internacionalidade do mundo.

 

Escuteira desde sempre, sou aventureira, desenrascada e entusiasta de experiências novas e desafiantes. Toco acordeão e bombardino numa banda filarmónica do Alto Minho, pelo que sou também amante de música e tenho muito orgulho nas minhas raízes vianenses e portuguesas.

Sou tradutora e, para já, falo Português, Espanhol, Inglês e Alemão, mas tenciono também dominar o Francês e o Holandês no futuro. 

Sou quem abraçou e encabeçou este projeto, quem recebe os peregrinos, quem garante que terão uma estadia tal e qual pretendem, assim como quem os ajuda a planear o resto do Caminho e a sonhar já com o próximo!

placa.png
bottom of page